Lifestyle

Fiz meu mapa astral – o que achei e como foi esta experiência.

Oi gente, tudo bem com vocês? Hoje quem fala é a Flora : )

Temos tido umas semanas um pouco complicadinhas por aqui. Para quem nos acompanha no instagram sabe que o nosso apê está em reforma (longa história) e só quem já morou numa casa em obras sabe o transtorno que é. Fora isso, estamos com bastante trabalho, o que é muito bom, mas também nos deixa com pouco tempo para vir aqui escrever pra vocês e isso nos deixa bem chateados : (

Mas vamos lá, me dei este tempinho para vir aqui e decidi que precisava contar da minha ‘experiência astrológica’ da semana passada, uma porque foi incrível e outra porque eu não estou conseguindo pensar em outro assunto que não este! Hahaha

Tem um bom tempo que comecei a explorar o caminho do autoconhecimento. Passei por muitas coisas na vida e uma hora, por bem ou por mal, nosso corpo e mente pedem esta busca. Comecei com a terapia (que tem sido sensacional), alguns exercícios como o Yoga (que confesso, não tenho feito com frequência nos últimos meses, mas que me ajudou demais no início) e o Pilates, que amo muito. Estar em contato com a natureza é outra coisa que prezo e que me ajuda em todos os processos pelos quais estou passando. Mas sentia que precisava de algo mais. Quem sabe mais espiritual? Estava em falta com este lado da minha vida, havia muito tempo que não entrava em contato com nada neste sentido e comecei a ter essa necessidade. Por não seguir nenhuma religião em específico e ser muito aberta e curiosa a assuntos espirituais, gosto de conhecer coisas novas e de experimentar, pois acredito que as respostas “certas” nós não somos capazes de ter nesta vida terrena, então porque não explorar religiões e/ou experiências espirituais que mais nos chamem atenção? Isso me agrada bastante, essa liberdade de não se prender a uma religião/experiência espiritual específica.

Viagens e autoconhecimento
Outra coisa que foi me transformando ao longo dos anos foram as viagens. Elas tem esse poder em mim, de despertar o autoconhecimento e promover a cura em diversas questões.

(Uma indicação: recentemente assisti ao documentário “A História de Deus” no Netflix e adorei. Pra quem gosta de conhecer um pouco sobre várias religiões, ouvir histórias e pontos de vista de pessoas que passam por experiências diversas, em toda parte do mundo, esse documentário vai agradar. Recomendo bastante. É uma verdadeira viagem espiritual).

Com o Aondes, comecei a conhecer muitas pessoas diferentes e várias delas foram me despertando uma vontade de entender mais sobre a astrologia. E foi assim que eu decidi fazer o meu mapa astral : )

A Karine, amiga querida que fiz nesse nosso espaço, me indicou uma astróloga que pudesse fazer a leitura do meu mapa. Serei eternamente grata a ela por essa indicação, pois me levou a conhecer a querida e doce Bárbara da Telluria, uma pessoa com que me simpatizei já de cara e depois da leitura então, nem se fale!

A Bárbara faz a leitura online, o que facilita muito para que todos possam ter acesso a este trabalho.

O valor da leitura é de R$ 153,00*. Depois de você enviar todas as informações que ela vai te pedir, juntamente com o comprovante de pagamento, ela deixará agendado uma data para o envio. A leitura vem em áudio (a minha durou quase 3 horas!) e eu achei isso muito legal.

 *valor de Maio de 2019.

A maneira como ela fala, com voz suave, calma e pausada, as palavras que ela escolhe de forma tão adequada e bonita fazem com que a história seja construída de uma maneira hipnotizante, instigante, acolhedora e emocionante! Poucas coisas que eu ouvi na vida me tocaram tanto quanto esta leitura, pois trata-se inteiramente do meu ser mais profundo, como se ela tivesse acesso aos desejos e anseios do seu coração e mente naquele momento. Identifiquei-me quase que 100% com tudo que ela falou a meu respeito. Isso foi uma coisa muito maluca de se experienciar.

Fiquei bem perplexa como todos os âmbitos da minha vida, características do meu comportamento e do meu sentir, estavam ali, descritos. Não é sobre seu destino, coisas que acontecerão na sua vida (bom, pelo menos eu não senti desta maneira). É sobre quem você é, o que você sente, como se comporta. E o mais incrível: ao saber de tantas características suas (pois algumas a gente nem se dá conta que tem, mas quando é falado você percebe e consegue admitir que é aquilo mesmo, rs) tanto as boas quanto as ruins, você consegue começar a arquitetar maneiras para amenizar aquilo que não está tão bom no seu comportamento e enfatizar as suas qualidades.

Isso é muito poderoso e faz total link com muitos assuntos que estou desenvolvendo na terapia, por exemplo.

Como eu tenho uma maneira meio solta de lidar com alguns assuntos, acredito que não vou entrar de cabeça na astrologia no sentido de acompanhar todos os movimentos planetários, solares e lunares para saber o que poderia estar me influenciando naquele momento (ou talvez eu vá… quem pode saber? hahaha) mas quero muito estudar a fundo o meu mapa, pois ele me revelou coisas belíssimas, carmas, possíveis missões e me fez sentir MUITO conectada com algo maior, coisa que eu estava precisando muito. O que quero dizer com isso é que, mesmo que você também não queira estudar tudo a respeito da astrologia, ainda assim, fazer a leitura do seu mapa astral pode te ajudar bastante a complementar toda a sua jornada de autoconhecimento, auto entendimento, auto percepção e cura, e isso, todos nós seres humanos precisamos na vida!

Como é uma experiência muito pessoal, pode ser que outras pessoas não sintam as mesmas coisas que eu senti ou não se deixem envolver de maneira tão intensa. Não sei dizer se é pelo fato de eu estar tão dentro de mim mesma nos últimos tempos, explorando esses assuntos através da terapia, que a experiência fez muito sentido pra mim. De qualquer forma, deixo aqui esta dica/indicação de uma ferramenta muito poderosa e que pode te ajudar, tendo você quais crenças tiver, vale a pena dar uma chance para esse trabalho tão bonito da Bárbara, que visa, acima de tudo, o seu auto conhecimento, cuidado e atenção plena a si mesmo. Como eu já disse pra ela: cada frase dela fez eu me sentir em casa, dentro de mim mesma. Fez eu me sentir muito conectada com o universo de uma maneira nova, bonita e muito minha. Depois da leitura, e nas semanas seguintes, meu coração segue reverberando suas palavras e ele está cheio de LUZ, ENERGIA E INSPIRAÇÃO.

Com o aprofundamento em si, você consegue ter muitos insights, sentir muitas coisas, entender outras, se questionar, autoanalisar, curar, descobrir. Pode ser que nem tudo faça sentido, mas pela minha experiência (que fez toooodo sentido) e pela experiências de todos que já fizeram e eu conversei, eu aposto que fará sentido pra ti também (hihihi).

Espero ter te inspirado a ir atrás de mais assuntos que te façam buscar e ser o melhor de você mesmo, que te façam ter forças para continuar trilhando o seu bonito caminho aqui na terra.

E se quiser fazer seu mapa astral para te ajudar nesta jornada, indico profundamente a Bárbara. Tenho certeza que ela será capaz de tocar seu coração e iluminar seus dias, assim como ela fez com os meus.

Mapa astral e autoconhecimento
Uma flor pra ti, Bárbara. E para você, que leu até aqui : )

Até o próximo post : )

Flora.

*este post não é patrocinado.

1 Comment

  1. Taís

    19 de junho de 2019 at 21:05

    Que interessante, Flora.. eu nunca pensei em fazer meu mapa dessa maneira. Achei mega interessante sua experiência, quem sabe eu tenha esse meu momento tb! *.*

Leave a Reply