Brasil Curitiba

Lugares Favoritos em Curitiba

Curitiba sempre foi um lugar que tínhamos vontade de conhecer. Alimentávamos uma expectativa muito grande sobre a cidade pelo tanto de coisas boas que líamos a respeito e depois de conhecê-la podemos dizer que a cidade nos encantou! Ela é realmente muito bonita, com diversas áreas verdes, parques, bosques e locais de lazer. É uma cidade grande, ou seja, existem diversas opções de restaurantes, cafés, lojas, teatros e afins, mas ela tem um clima de interior delicioso e foi isso o que mais gostamos nela <3

Neste post vamos listar nossos lugares favoritos : )

Curitiba - Mirante do Parque Tanguá

Mas antes de começar, algumas informações que podem te ajudar na montagem de um roteiro:

Como se locomover por lá:
Curitiba é reconhecida internacionalmente como referência em planejamento urbano e embora não tenha metrô, possui um sistema de transporte público muito eficiente. Além disso, os turistas podem contar com uma linha especial de ônibus: a Linha Turismo. Ela circula entre os principais pontos turísticos da cidade. (*) Considerada uma das melhores do país, a Linha circula a cada 30 minutos, percorrendo aproximadamente  44 km em cerca de 2 horas e meia. O roteiro começa na Praça Tiradentes mas é possível iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos. Para embarcar você compra uma cartela com 5 tíquetes e tem direito a um embarque e 4 reembarques. Os veículos são equipados com sistema de som para fornecer informações gravadas sobre os locais visitados em três idiomas – português, inglês e espanhol. Já vi várias pessoas usando esta linha e dizendo que gostaram bastante. Acho uma sugestão bem legal.
(*) reprodução: www.curitiba.pr.gov.br
Há ainda a alternativa do uso de aplicativos de transporte. Nós fizemos várias corridas com o Uber e fomos muito bem servidos.

Onde se hospedar:
Nos hospedamos no bairro Batel. Ele é conhecido por ser o segundo centro da cidade. Nós indicamos a hospedagem nessa região. Além de ser um belo bairro residencial, o Batel conta com muitas lojas, bares, restaurantes e os principais shoppings da cidade.

Nosso hotel no Batel - Curitiba
Full Jazz Hotel – Nossa escolha no bairro Batel

E aqui vai a lista dos lugares que mais gostamos de visitar:

JARDIM BOTÂNICO:

O maior ícone de Curitiba, o Jardim Botânico tem o quarto maior herbário do país e é um centro de pesquisa e flora do Paraná e do Brasil. Além da linda estufa de ferro e vidro no estilo art nouveau, que é o cartão postal do parque (e também de Curitiba), ele tem um jardim no estilo francês, lago, bosques e muitas áreas de descanso, onde você pode sentar e apreciar uma bela vista da cidade. O Jardim Botânico com certeza é ponto imperdível de visita em Curitiba e a entrada é gratuita : )

Jardim Botânico - Curitiba
Estufa do Jardim Botânico – Cartão postal de Curitiba
Caminhos no Jardim Botânico
Espaços muito interessantes por todo o Jardim Botânico
Jardim Francês - Jardim Botânico
Jardins ao estilo francês
As cores do Jardim Botânico
Flores e cores do Jardim Botânico

Localização:
Rua Eng°. Ostoja Roguski, s/n°. – Jardim Botânico.
Tel: (41) 3264-6994 (Administração) / 3362-1800 (Museu).

Horário:
Das 06h00 às 20h00 > durante o horário de verão.
Das 06h00 às 19h30 > durante o horário de inverno.

Como chegar:
– Linha Turismo
– Urber, que foi a nossa escolha
– Ônibus:
Expressos Centenário/Campo Comprido e Centenário/Rui Barbosa.  Descer ao lado do Botânico.
Linha Cabral/Portão. Linha Alcides Munhoz (ponto Al.Dr.Muricy). Descer em frente ao Jardim Botânico.

PARQUE TANGUÁ

Curitiba é uma cidade que, como poucas, soube reinventar seus espaços e criar áreas muito agradáveis. O Parque Tanguá é um exemplo disso. Uma enorme área para se aproveitar num dia de sol. Na entrada pela parte superior, há espelhos d’água e um túnel de 45 metros de extensão, conectando duas enormes pedreiras, que serve também de mirante para uma queda d’água e um lago. Já na parte inferior, a imagem das pedreiras à frente e as áreas verdes ao redor, garantem um cenário belíssimo.

Mirante do Parque Tanguá
Mirante do Parque Tanguá
Espelhos d´água - Parque Tanguá
Espelhos d´água na parte superior do parque
Vista do Mirante do Parque Tanguá
Vista panorâmica do mirante
Descida para o parque
Descida para a área inferior do parque
Pedreira e a queda d´água sob o mirante
Pedreira e a queda d´água sob o mirante

Localização:
Rua Dr. Bemben, s/n°. – Pilarzinho
Tel.: (41) 3352-7607 / 3352-5404 (Guarda Municipal)

Horário:
Diariamente

Como chegar:
– Linha Turismo
– Urber, que foi a nossa escolha
– Ônibus:
Convencional Nilo Peçanha (Travessa Nestor de Castro)
Bracatinga, Interbairros II, Primavera, Santa Felicidade – Santa  Cândida.

BOSQUE DO ALEMÃO

Em meio a 38 mil m² de mata nativa, um lindíssimo mirante de madeira dá a que foi a nossa vista panorâmica preferida de Curitiba.  Abaixo, uma deliciosa trilha entre as árvores nos conta uma versão do conto de João e Maria, com direto a casa da bruxa com uma biblioteca infantil.

O Bosque do Alemão é incrível. Um passeio não muito demorado e imperdível.  Uma boa dica é ir logo cedo e aumentar suas chances de estar por lá sozinho.

Lindíssimo mirante de madeira
Detalhe do mirante do Bosque do Alemão
João e Maria - Bosque do Alemão
Pelo caminho, trechos de uma versão adaptada do conto do João e Maria

Localização:
Rua Niccolo Paganini, esquina com Franz Schubert – Vista Alegre (Jardim Schaffer). Tel. Biblioteca: (41) 3568-1087

Horário:
Bosque – diariamente das 8h às 20h / Biblioteca – Terça à sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h; Sábado e domingo, das 9h às 13h / Hora do Conto – Sábados, domingos às 11h, 14h e 16h.

Como chegar:
– Linha Turismo
– Urber, que foi a nossa escolha
– Ônibus:
Convencional Jardim Mercês/Guanabara (Trav. Nestor de Castro). Descer no Canal 4 – TV Iguaçu, a uma quadra do Bosque.
Interbairros II sentido Anti-Horário

UNILIVRE

A Universidade Livre do Meio Ambiente fica em um belíssimo bosque e está aberta a visitação. A Unilivre é um dos primeiros espaços no mundo dedicados à formação de uma sociedade sustentável. Vale demais a visita e é garantia de horas tranquilas, em meio à árvores e com um pequeno lago sob uma imensa parede de pedra. A arquitetura da Universidade também é um atrativo, em sua integração com a natureza e a visões panorâmicas das passarelas.

Unilivre
Muita paz e natureza na Unilivre
Lago e bosque - Unilivre
Lago e as passarelas que dão acessos às salas de aulas da Unilivre
Passarelas da Unilivre
Não seria incrível estudar aqui?

Localização
Rua Victor Benato, 210. PILARZINHO. 
Tel: (41) 3254-7657 / 3254-5548

Horário
Diariamente, das 8h às 18h

Como chegar
Ônibus:  Convencional Jardim Kosmos (Travessa Nestor de Castro). Descer em frente à Unilivre.
Uber, a nossa escolha

CENTRO HISTÓRICO E FEIRINHA DO LARGO DA ORDEM

O melhor momento para se visitar o centro histórico de Curitiba é aos Domingos de manhã, quando acontece a Feira do Largo da Ordem: uma animada exposição de quinquilharias de todo tipo, antiquários, sebos, artes plásticas, comidinhas e algumas performances de artistas de rua. Ao redor, o cenário onde a cidade teria começado, com edificações antigas e ruas de pedra.

Feria do Largo da Ordem
Manhã de domingo no centro histórico de Curitiba
Igreja - Centro histórico de Curitiba
Detalhes da arquitetura do centro histórico
 Feira do Largo da Ordem
Feira do Largo da Ordem

Muito próximo dali, há um templo Hare Krishna e uma mesquita. Ambos podem ser visitados por dentro. A mesquita Imam Ali ibn Abi Talib é belíssima, com sua fachada em arquitetura característica.

Mesquita Imam Ali ibn Abi Talib
Mesquita Imam Ali ibn Abi Talib

Localização:
Compreende quinze quadras que pertencem aos bairros São Francisco e Centro, limitando-se ao entorno das praças Tiradentes, José Borges de Macedo, Generoso Marques, Garibaldi e João Cândido, além do Largo da Ordem.

Horário:
A Feira do Largo da Ordem ocorre aos domingos, das 9h às 14h.

Como chegar:
– Linha Turismo
– Urber, que foi a nossa escolha
A pé, partindo da Praça Tiradentes entrar na(s) rua(s) do Rosário e/ou José Bonifácio.

MON – MUSEU OSCAR NIEMEYER

O MON é lugar imperdível de se conhecer em Curitiba. O espaço é dedicado a exposições de Artes Visuais, Arquitetura, Urbanismo e Design. A arquitetura do próprio museu é belíssima e grandiosa e as exposições são de acervos muito importantes, por isso vale fazer a visita completa ao museu (não só passar para espiá-lo do lado de fora).

A entrada custa R$ 20,00 por pessoa e às quartas-feiras são de graça. (informação de Julho de 2018).

Exterior do MON
A belíssima arquitetura do MON
Caminhos por dentro do MON
Caminhos por dentro do MON
O interessante acervo do MON
Como é bom estar rodeada de arte

Localização:
Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cí́vico

Horário:
Terça a domingo, 10h às 18h
R$ 20,00 / R$ 10,00 (meia-entrada)

Como chegar:
– Linha Turismo
– Urber, que foi a nossa escolha
– Ônibus:

Veja em: www.museuoscarniemeyer.org.br/institucional/como-chegar

ÓPERA DE ARAME

Um dos teatros mais bonitos que já vimos na vida, a Ópera de Arame é imperdível de se conhecer tanto durante o dia quanto a noite. Feito com tubos de aço e estruturas metálicas, parece uma construção feita de arames mesmo. Em meio a uma mata fechada e um lago, o teatro ganha um destaque surpreendente.

Coincidentemente, na data em que estaríamos em Curitiba, teve um show do Rubel, músico que gostamos muito e obviamente compramos nosso ingresso. Pudemos conhecer o teatro a noite portanto, mas depois nos arrependemos de não termos dado uma passadinha durante o dia, já que o local é tão magnífico.

Estar em um show neste local foi muito especial. Daqueles momentos inesquecíveis!

Só uma dica: leve um agasalho pois é um pouco aberto e como tem muita mata ao redor, pode esfriar a noite, mesmo estando no verão.

Ópera de Arame - Curitiba
A impressionante Ópera de Arame

Localização:
R. João Gava, 970 – Abranches, Curitiba

Horário:
Diariamente, das 10h às 18h

Como chegar:
– Linha Turismo
– Urber, que foi a nossa escolha
– Ônibus:

Vista Panorâmica - Curitiba
Vista panorâmica da linda Curitiba

O que você achou? Curitiba é demais e não vemos a hora de voltar pra lá!

Até o próximo post!

Beijos, Flora

6 Comments

  1. Taís

    10 de junho de 2019 at 22:24

    Que gostoso revisitar todos esses lugares com o seu post. Eu amo Curitiba, é minha cidade favorita no Brasil e me deu a maior saudade agora. Como te disse, a Unilivre é um dos lugares que guardo com amor no coração, que coisa linda <3

    1. Aondes

      11 de junho de 2019 at 13:18

      Ai Tá, eu também fiquei com saudades hahaha quero voltar pra lá… eu amei conhecer a Unilivre também, que lugar mais especial, né? 🙂

  2. Fernanda Palhari

    29 de junho de 2019 at 12:45

    Que lugares mais lindos *-* Curitiba é uma das cidades que quero visitar aqui no Brasil, então já sabia de alguns pontos turísticos, mas outros eu ainda não conhecia – o Bosque do Alemão, por exemplo, parece ser bem legal! Lembro de ver vocês comentando sobre a Unilivre (ou no insta ou no youtube) e acho a proposta dela mega bacana mesmo <3

    1. Aondes

      3 de julho de 2019 at 17:08

      Nandaaaa, vale muito a pena, é uma cidade maravilhosa *.* O bosque do alemão é uma delicia, um lugar mágico ♥♥♥ A Unilivre também… nossa, tem muitos lugares pra lista hahaha espero que consiga ir logo 🙂

  3. BA MORETTI

    30 de junho de 2019 at 00:52

    aaaaa que saudade de curitiba. tantos lugares pra rever e tantos outros pra conhecer… queria matar a saudade esse ano mas acabou fugindo dos nossos planos :~ ô cidadezinha gostosa (e linda!) né? ♥

    1. Aondes

      3 de julho de 2019 at 17:05

      Oii Bááá 🙂 Nossa, também estamos com saudades de lá! Que cidade maaaais linda. Do tipo que queria morar mesmo hahaha ♥ espero voltar logo também 🙂

Leave a Reply