Brasil São Paulo

Nossos 5 dias em SP – Dicas de restaurantes para vegetarianos, Airbnb e MASP

São Paulo é uma das cidades onde mais gostamos de passear. Com uma diversidade gigantesca de opções de lazer, você encontra passeios, restaurantes, cafés, parques, museus, lojas, enfim… tudo o que possa imaginar, para todos os gostos e bolsos ($). Nesse post vou listar algumas dicas de restaurantes para vegetarianos em SP e o que mais fizemos por lá.

HOSPEDAGEM

Já nos hospedamos em diversos lugares em São Paulo, principalmente hotéis. Dessa vez decidimos ficar pela primeira vez em um Airbnb. Queríamos ficar em um local que tivesse jeito de ‘casa’, com cozinha e outros ambientes, pois iríamos cozinhar e também trabalhar. Buscamos um pouco em cima da hora e a maior parte dos que achávamos eram mais no estilo ‘estúdio’, que lembra muito um quarto de hotel, porém com pequenas cozinhas no mesmo cômodo que o quarto. Mas, se você buscar com um pouco de antecedência, vai encontrar diversos apartamentos e casas mais completas. Depois de muito procurar encontramos esse único apartamento mais nesse estilo ‘casa completa’ e adoramos.

Ele fica na Rua Augusta, mais na ‘baixa Augusta’ como dizem. É um apartamento super estiloso, bem aconchegante. A cozinha é bem completa e bem gostosa de usar. A sala tem um sofá grande, porém não muito confortável. Pra compensar, a TV tem acesso a todos os streamings, uma delícia hahaha… Ainda na sala tem uma parede de jardim vertical, uma mesa boa, com cadeiras confortáveis. É bem bonito o visual. A cama do quarto é king size, bem gostosa e o banheiro é bem bonito. Não tirei muitas fotos mas vou deixar o link do Airbnb (clique aqui). As fotos do site são bem reais.

encontre quatro gatinhos na janela 🙂
  • Nesse post (clique aqui) tem outra dica de hospedagem em São Paulo.

RESTAURANTES

Como sempre, aqui vai algumas dicas de restaurantes para vegetarianos em SP:

Sushimar Vegano

Bom, se você nos acompanha tem um tempo sabe que, TODA VEZ que vamos para São Paulo, vamos no Sushimar Vegano hahaha então é óbvio que nesse post também teria a indicação desse que é nosso restaurante favorito de comida japonesa vegana. Destaque novamente para o shimeji empanado, que continua dos deuses e a ‘trouxinha’ de abóbora! Pedimos o rodízio, que custa cerca de R$ 75,00 por pessoa. Vem bastante comida, vale a pena.

Figueira Rubaiyat

Fazia muitos anos que queria conhecer esse famoso restaurante, obviamente por conta de sua figueira gigantesca. Confesso que eu nem sabia exatamente o que tinha no cardápio e como era a comida em si. Eu só queria sentar embaixo dessa figueira. Ela tem a idade aproximada de 120/150 anos, o diâmetro da copa de aproximadamente 46 metros! A coisa mais linda do mundo, sério.

Sobre a comida e os preços: pedimos uma entrada de pupunha grelhada, de prato principal um espaguete vegetariano com abobrinha e tomates e um risoto de funghi. Estava tudo bem bom maaas, para nós, os valores foram bem salgados. Pela comida, não achamos que o preço valeu… pareceu muito mais que o preço foi pela experiência de estar nesse local com a figueira e pelo status que o restaurante tem, mas não porque a comida era espetacular. Estava tudo gostoso, mas era um tipo de comida que você encontra em outros restaurantes. Mas frisando que pedimos os pratos vegetarianos. Pode ser que os pratos de carnes sejam muito bons, não sabemos. Nossa conta ficou aproximadamente R$ 350,00 para o casal, incluindo bebidas.

Maní Manioca – Chef Helena Rizzo

Essa foi a semana do meu aniversário e de passeio especial de comemoração, decidimos conhecer o restaurante da chef Helena Rizzo. E esse sim valeu cada centavinho gasto! Foi uma das experiências gastronômicas mais deliciosas que já tivemos a oportunidade de conhecer. Foi realmente incrível, e nós indicamos para qualquer pessoa de olhos fechados.

O menu degustação custava aproximadamente R$ 490,00 por pessoa. Nós não pedimos esse e sim os pratos à la carte. Esses custavam em torno de: entradas R$ 45 a R$ 60,00, pratos principais R$ 60 a R$ 120, sobremesas R$ 30 a R$ 40,00.

Achamos que, por ser uma chef tão renomada, com estrela michelin e tudo, os preços do à la carte são beeem ok! Na verdade, pelo nível dos pratos, achamos que poderia até custar mais caro… é realmente surpreendente a experiência de provar esses pratos. Vou listar aqui o que pedimos:

De Entrada: Ceviche de Caju & Nhoque de Mandioquinha e Araruta. Pensa em duas entradas deliciosas? O nhoque foi o que mais me chamou atenção, a primeira sensação que tive foi a de estar entrando no céu! A maciez com que a massa toca na língua é uma coisa de outro mundo.

De Prato principal: Ravióli de pupunha, gema, cogumelos, tomate confit e rúcula – extremamente complexo de sabores e sensações, um dos pratos mais saborosos que já experimentei.

De Sobremesa: “O ovo” – que é sorvete de gemada, espuma de coco e coquinho crocante & “Da Lama ao Caos” – um doce de berinjela, coalhada seca, lima, flor de laranjeira, pistache e gergelim preto. Não consigo nem descrever o “Da Lama ao Caos”… delicioso e indescritível! A espuma de coco da sobremesa “O ovo” foi uma das comidas mais interessantes que já experimentei, pois parece que você está comendo uma nuvem…quando ela entra na sua boca, simplesmente desaparece e fica somente o gosto delicioso e suave de coco… é muito bom!

Prime Dog – Dica de Delivery!

Em um dos dias decidimos pedir um delivery e quisemos provar algum hambúrguer vegetariano. Buscamos pela internet e achamos essa hamburgueria chamada Prime Dog, que teve o lanche Burguer do Chef eleito como o melhor hambúrguer vegano de São Paulo. Até na descrição do Ifood tem essa ‘etiqueta’ haha. Como não provar, não é mesmo? Ficamos bem surpresos! Quando ele chegou, pela aparência achamos que não seria bom… porém, o sabooor meus amigos! Muito bom. Muito temperado, bem saboroso, o hambúrguer era de tofu com várias especiarias. As batatas que acompanhavam também estavam ótimas, está mais do que recomendado!

MASP – Museu de Arte de São Paulo

Não foi dessa vez que conseguimos passear bastante em São Paulo (tirando as idas aos restaurantes, claro) pois estávamos trabalhando, mas vimos que toda primeira quarta-feira do mês o MASP é gratuito (e também todas as terças-feiras) então reservamos 2 horinhas na manhã da quarta para ir visitar. Fazia muitos anos que eu não ia no MASP e foi como se tivesse ido pela primeira vez. Eles sempre tem alguma exposição itinerante e um acervo fixo, com cerca de 10.000 peças, que está sempre em expansão. Nesse momento e até o dia 30.01.2022, a exposição é de Maria Martins, chamada Desejo Imaginante.

“Maria Martins (Campanha, Minas Gerais, 1894 – Rio de Janeiro, 1973) é uma artista fundamental na história do modernismo brasileiro e no panorama do surrealismo internacional. Ela é conhecida por suas esculturas em bronze, seus desenhos e suas gravuras que representam figuras femininas híbridas, bem como mitologias indígenas amazônicas, afro-brasileiras e da antiguidade clássica. Esta é a mais ampla exposição dedicada à artista e no MASP é contextualizada num biênio da programação dedicado às Histórias brasileiras, em 2021-22.” Texto copiado do site do MASP.

Já o acervo fixo, tem obras de artistas como Vincent Van Gogh, Candido Portinari, Renoir, Monet, Picasso, Anita Malfatti, Di Cavalcanti entre muuuitos outros.

E essas foram as nossas dicas do que visitar em São Paulo. Para mais, confiram também esse post “São Paulo – Brechó, Pinacoteca e restaurantes” (clique aqui) & “Um fim de semana em São Paulo” (clique aqui).

Esperamos que tenham gostado do post 🙂

Um beijo e até o próximo.

Flora.

2 Comments

  1. Laryssa Andrade

    18 de novembro de 2021 at 12:48

    SP é um destino muito sonhado por aqui <3 a blogsfera + redes sociais me mostraram muitas pessoas queridas e esse post está sensacional, Flora! amei como você apresentou tudo. das fotos cotidianas aos pratos lindos… amei muito. é sempre bom te ler, (:

    1. Aondes

      19 de novembro de 2021 at 18:52

      Ai Lary, seria tão legal você vir pra cááá, né? 🙂 Eu espero muito que esse sonho se realize logo e fico feliz que gostou do relato…é muito bom ter você aqui ♥♥♥

Leave a Reply