Europa Fai della Paganella Itália

Conhecendo as Dolomitas em Fai della Paganella, Itália

Para quem está acompanhando os posts da viagem em família pela Itália, o passeio mais esperado de quando estávamos em Trento (veja este post aqui) era ter a chance de experienciar as Dolomitas em Fai della Paganella.

As Dolomitas são uma cordilheira – cadeias montanhosas – nos Alpes da Itália, consideradas Patrimônio Mundial da UNESCO. Essa cadeia de montanhas se estende entre as províncias de Belluno, Bolzano, Trento, Údine e Pordenone. Sempre foi um sonho conhecer as Dolomitas. Como citei no post de Trento, não conseguimos encontrar uma opção mais viável financeiramente nessa viagem para conhecê-la do que esta: ir para Trento e de lá, fazer uma visita a Fai della Paganella para conhecer as estações de Ski, ver as montanhas e a neve. E foi o que fizemos.

Pistas de ski em Fai della paganella

Em Trento, fomos até a estação de turismo da cidade em busca de informações de como poderíamos ir até Fai della Paganella. Não tivemos sucesso. O pessoal não soube informar e nos indicaram ir para a estação de ônibus, onde poderíamos ver qual seria a melhor maneira de chegar lá.

Na estação de ônibus também não conseguimos encontrar nenhuma informação. Não havia ninguém para perguntarmos e nos avisos dos horários de ônibus também não achamos nada sobre este lugar.

Meio frustrados e com medo de não conseguir ir para este local no dia seguinte, resolvemos pedir ajuda em nosso hotel, buscando por algum meio de transporte que nos levasse até lá. No hotel eles nos sugeriram alugar uma van, já que estávamos em oito pessoas. Achamos ótimo. O valor seria 70 euros no total. Fechamos. Fomos dormir super animados, no dia seguinte iríamos conhecer as tão sonhadas Dolomitas! : D

Quando o transporte chegou no dia seguinte, não veio uma van e sim dois táxis. Falamos que não era o que tínhamos solicitado mas eles nos disseram que não tinham van no estabelecimento. As conversas eram sempre meio complicadas pois não falamos italiano haha, e ficamos bem confusos com o que fazer pois o táxi custaria 70 euros cada. Ou seja, 140 euros e não os 70 que havíamos contratado (detalhe: o valor era só de ida, depois teria a volta…então não ficaria barato). Por fim, aceitamos deste jeito mesmo pois era isso ou estragar o passeio e passar o dia em Trento, o que já havíamos feito no dia anterior.

Viagem é assim mesmo, a gente planeja de um jeito, mas imprevistos acontecem. Ficamos um pouco mal humorados no começo, mas o segredo é mandar esta coisa embora logo e olhar tudo pelo lado bom: íamos conhecer as Dolomitaaaas, né? : D

Chegando em Fai della Paganella, já nos deparamos com muuuuitas pessoas vestidas com roupas de Ski. Na verdade, nós éramos os únicos vestidos com roupas normais hahaha. A empolgação já começou a bater! Nós não sabíamos muito bem o que esperar e como seria por lá. O táxi nos deixou numa rua meio principal e já avistamos um posto de turismo. Fomos lá perguntar e nos informaram que tínhamos que aguardar ali na rua mesmo que o ônibus para a cidadela Andalo (local de onde saíam os teleféricos para as estações de ski) logo passaria. Este ônibus é gratuito e fica o dia todo subindo e descendo, levando e trazendo as pessoas. Logo ele passou e fomos para Andalo. De lá, já conseguimos ver a gigantesca cadeia de montanhas denominadas Dolomitas. QUE EMOÇÃO! São lindas demais.

Centrinho de Andalo e as Dolomitas
Centrinho de Andalo

A cidade é linda, bem pequenina, com uma vibe deliciosa. Todos, sim, TODOS vestidos com roupas de ski, super bem humorados, animados, música tocando em todo canto. A cidade toda em clima de férias e diversão, sabe?

Fomos novamente atrás de informações e nos disseram que era preciso pegar o cable car para subir até as diversas estações de Ski. O valor era de 12 euros por pessoa e você poderia subir e descer quantas vezes quisesse.

Era possível alugar equipamentos e roupas de ski também. Não era nossa intensão, até porque nenhum de nós nunca tínha feito este esporte na vida. Pra ser sincera, estávamos meio ‘perdidos’ no meio do povo. Não parecia ter nenhum turista ali. A impressão que deu é que eram todos italianos que sempre estavam naquele local praticando esse esporte.

As pessoas tinham todos os equipamentos e sabiam exatamente aonde ir. Ficamos até com uma certa timidez, pois chamava atenção o fato de estarmos vestidos com roupas ‘normais’ hahahaha.

A cena era mais ou menos assim: imagine uma praia, com todas as pessoas de roupas de banho, se divertindo, nadando e daí chega um grupo de pessoas falando outra língua, com roupas de frio, botas e luvas. Sabe? ahhahahahaha parecíamos estranhos no ninho. Mas é óbvio que isso não foi problema algum. Foi sensacional estar naquele lugar. É só um detalhe engraçado de se comentar.

Skiando em Fai Della Paganella

Por lá, ficamos admirando o pessoal skiar. Deu muita vontade de aprender. Como é bonito! Deve dar uma sensação tão maravilhosa de liberdade. Imagine você, deslisando por uma montanha coberta de neve, aquela sensação de estar voando e a sua frente, as Dolomitas! Deve ser inexplicável. As pessoas descem montanhas enoooormes e chegando lá embaixo, pegam o Cable Car para subir e descer skiando de novo. E ficam por lá o dia todo.

É um clima muito alegre, todos muito empolgados, falantes, sorridentes.

Pessoa skiando
Pista de ski
Pessoa skiando em Andalo
Pinheiros e as Dolomitas ao fundo
Muitas pessoas skiando

Em uma das estações tem um restaurante muito gostoso, almoçamos por lá e foi bem bom : )

Ficamos andando por tudo, brincando na neve, nos aventurando em descer algumas partes hahahah foi muito divertido! Sério! Valeu tanto a pena!!! Só de estar lá, vendo tudo aquilo, tendo contato com uma natureza tão esplendorosa e admirando as pessoas praticando este lindo esporte, já nos deu uma felicidade de como se fossemos nós que estivessemos skiando.

Os nossos sobrinhos também se divertiram muito, eles se aventuraram em descer a pé de uma estação a outra. É bem desafiador descer por estas montanhas a pé, escorregava demais pois, obviamente não estávamos com sapatos adequados. Também estava muuuito frio e ventando bastante. Enquanto eles desciam, nós voltamos para Andalo, sentamos num café para tomar um cappuccino bem quentinho e ficar por lá esperando o tempo passar, jogando conversa fora, observando as pessoas e sendo felizes. ahahahah fomos muito felizes neste dia! : )

Eu e as Dolomitas
Pista branca de ski
Pista de ski em meio ao bosque
Eu e o Le
Árvores

E essa foi nossa experiência. Um dia muito especial que ficará guardado em nossos corações.

Conhecer as Dolomitas foi incrível e não vejo a hora de ter outra oportunidade de estar em frente a essas montanhas tão majestosas novamente.

Eu e as Dolomitas
Em breve as verei de novo : )

Esperam que tenham gostado do post : )

Um beijo e até o próximo,

Flora.

obs: não deixem de seguir nossa playlist da viagem Itália no Spotify!

5 Comments

  1. Maria Eduarda

    6 de agosto de 2019 at 11:01

    Nossa que texto legal, amei seu blog… Vi que sempre tem textos legais! Estou adorando visitar e ler seus textos..

    Parabéns!

    1. Aondes

      7 de agosto de 2019 at 08:25

      Que booom querida, fico super feliz que tem gostado! Seja muito bem vinda por aqui 🙂

  2. Taís

    15 de agosto de 2019 at 23:32

    Aii as Dolomitas, quero muito muito muuuuuito conhecer. Eu tinha planejado ir 2 anos atrás, estava numa viagem solo e acabou não dando muito certo, mas não desisti desse sonho, imagino a sensação incrível de ver essa beleza todas com os próprios olhos. Também tenho muita vontade de esquiar, eu acho que é um esporte que eu vou gostar bastante, mas né.. pode ser que não tb, mas as chances são grandes. Ai tanta coisa que eu ainda quero fazer nessa vida.. hahaha

    1. Aondes

      16 de agosto de 2019 at 14:40

      Nossa ficamos impressionadíssimos com a beleza delas! Ainda queremos voltar, como disse, e ficar hospedado num local onde eu possa vê-las assim que acordo sabe? e só ficar lá o dia inteiro, sentado, olhando para elas hahahaha ou talvez fazer um hiking. é que nessa época que fomos não era aconselhado por ter bastante neve e frio… e eu também quero muito aprender a esquiar. ahahah quem sabe quando eu morar num local que tenha neve, vou aprender!!! ~sonhos~
      Beijos, Flora.

  3. Visitando o Terraço da Duomo de Milão - valeu a pena? - Aondes

    6 de setembro de 2019 at 14:39

    […] com os posts da Itália, saindo de Trento e Fai della Paganella, a próxima cidade que visitamos foi Milão. Era ano novo e chegamos na cidade no dia da […]

Leave a Reply