Europa

O que fazer em Barcelona – Principais atrações para uma primeira viagem

Barcelona é uma cidade vibrante, alegre, encantadora, que pulsa arte e criatividade e com uma energia que poucos lugares tem igual. Neste post iremos listar as principais atrações que conhecemos em Barcelona, o que, na nossa visão, você não pode deixar de fazer em uma primeira viagem pra lá! Pronto para conhecer o que fazer em Barcelona?

O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem

Pra quem é novo por aqui e não acompanhou, estivemos em Barcelona em Dezembro de 2021 e ficamos por 15 dias. Nossa ida para Barcelona foi com a intensão de conseguir entrar na Itália posteriormente (por motivos das restrições da pandemia) e agora estamos morando aqui no norte da Itália (saiba mais sobre nossa imigração aqui).

Infelizmente, eu tive um pequeno acidente com meu joelho chegando em Barcelona e não conseguimos curtir a cidade como gostaríamos. MAS, conseguimos fazer várias coisas MUITO incríveis, as quais iremos listar pra vocês agora.

Essas são as nossas dicas do que fazer em Barcelona e algumas das principais atrações da capital catalã.

As obras de Gaudí

Num post sobre as principais atrações e o que fazer em Barcelona, não dá pra não falar de Gaudí.

Como muitos devem saber, Barcelona é repleta das obras do famoso arquiteto, o que deixou a cidade com esse aspecto único e até mágico. E pra quem não o conhece, Antoni Gaudí foi um arquiteto catalão e um grande inovador da estética modernista espanhola. Suas obras são marcadas por suas paixões: arquitetura, natureza e religião. É absolutamente imperdível (e até impossível) ir para Barcelona sem cruzar com o seu magnífico trabalho. Listo aqui todas que tivemos a honra de conhecer:

Sagrada Família

O mais famoso e praticamente cartão postal da cidade é sem dúvidas o Templo Expiatório da Sagrada Família (Basílica de la Sagrada Família) ou simplesmente Sagrada Família. Uma obra prima, riquíssima em detalhes, que você provavelmente pode ver e rever e sempre encontrará um detalhe novo. É uma das obras mais impressionantes a céu aberto que nossos olhos já tiveram acesso. Ela ainda está inacabada, a previsão é que a obra finalize em 2026, aniversário de 100 anos de morte de Gaudí. Ela pode ser visitada internamente também e recomendamos muito que comprem os ingressos com antecedência! Infelizmente dessa vez não conseguimos entrar na Sagrada Família mas o Le, meu marido, já tinha visitado e diz ser absolutamente maravilhoso. É mais um motivo para querermos voltar a Barcelona para que eu também possa conhecer 🙂

  • Como chegar: a maneira mais fácil é de metrô, descendo na estação chamada Sagrada Família.
  • Compra de ingressos: site oficial.
O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem

Parc Güell

O Parque Güell foi originalmente construído e planejado para ser uma área residencial das famílias aristocráticas de Barcelona. A propriedade pertencia ao Conde Eusebi Güell e quando o projeto não foi bem sucedido, o local acabou sendo transformado em um jardim privado. Após a morte de Güell, se tornou um parque municipal e hoje é Patrimônio Mundial da UNESCO. O jardim é belíssimo, com muitas obras para serem desfrutadas com calma e contemplação. Escolhemos o horário mais cedo disponível para visita (9h30) e foi acertado pois estava bem vazio… ali pelas 10h30 o parque já começou a ficar bem cheio, então fazemos essa recomendação de chegar o mais cedo possível, é absolutamente mágico andar pelo local mais vazio e poder desfrutar de cada cantinho desse parque a vontade. É um local muito lúdico, que parece encantado e te faz querer tirar foto de tudo!

  • Como chegar: A parada de metrô mais próximo (Lesseps, Linha 3) fica a 20 minutos da entrada do parque. Nós optamos por pegar o metrô até essa estação e de lá pegar um taxi, pois eu ainda estava me recuperando do joelho e não quis caminhar esses 20 minutos. Achamos que foi uma boa escolha. A outra é de fato fazer essa pequena caminhada complementar, especialmente se o clima estiver agradável.
  • Compra de ingressos: site oficial.
O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem

Casa Batlló

Uma obra de arte lúdica e espetacular, que sem dúvida, toca a todos que estão pelo caminho. O edifício foi adquirido por Josep Batlló, um empresário de muito destaque, em 1903. Nessa época existiam muitos prêmios urbanísticos de arquitetura promovidos pela Câmera Municipal da cidade e os empresários disputavam para ver quem tinha o prédio mais exuberante. Josep contratou Gaudí para reforma-la e lhe deu total liberdade de criação. Gaudí alterou completamente a fachada e modificou a parte interna do edifício, transformando tudo em uma verdadeira obra de arte. Na década de 1990 a casa já era de outro proprietário e mais pra frente foi aberta ao público. Com mistura de pedras, vidros, cerâmicas e materiais diversos reciclados, Gaudí “pintou” essa casa com toda a sua imaginação fantástica e trouxe à vida essa joia. Seu telhado é formado por “escamas” e remetem ao dorso de um dragão. Na verdade, a casa parece ter muitos símbolos mas Gaudí nunca explicou seu trabalho, cabendo a cada um interpretar esse mundo mágico e fantástico que ele criou como quiser. É possível fazer o tour pelo seu interior, o que parece ser bastante interessante. Infelizmente não fizemos, mas se você puder coloque esse passeio no roteiro pois acredito que vale muito a pena!

  • Como chegar: Passeig de Gràcia, 43. Parada de metrô mais próxima: Passeig de Gràcia
  • Compra de ingressos: site oficial.
O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem
O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem

Casa Milà ou La Pedrera

Mais uma obra arquitetônica que é considera obra de arte, a Casa Milà fica bem próxima da Batlló, na mesma rua Passeig de Gràcia, então você consegue conhecer as duas de uma vez. Ela começou a ser construída em 1906 e terminou em 1912, projeto contratado por Roser Segimon e seu marido, Pere Milà. Na época foi ridicularizada mas hoje em dia já foi considerada uma das obras arquitetônicas mais excepcionais do mundo. De seu terraço é possível ter uma vista muito interessante da Sagrada Família (assim como acontece na Casa Batlló). Gaudì foi um pioneiro da reciclagem e nessa obra não poderia ser diferente, usando resíduos de pedras, vidros e cerâmicas para construir mais esse edifício belíssimo. Esse é mais um local que você pode visitar seu interior.

  • Como chegar: Passeig de Gràcia, 92.
  • Compra de ingressos: site oficial.
O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem

Las Ramblas 

Nada mais é do que uma rua bem extensa, de 1,2km que atravessa o centro da cidade. Porém, não é apenas isso. É uma rua muito frequentada, bastante arborizada, muito ampla e gostosa de caminhar. É muito dinâmica, animada e acontece muita coisa por ali. É uma das ruas mais famosas e visitadas da cidade, com muitos restaurantes, lojas, bares, cafés etc. Durante o dia o clima é de compras, passeios animados, paradas para comer e simplesmente estar ali naquele ambiente agradável. A noite, a agitação é garantida, com muitos bares e baladas. Ela começa na Praça da Catalunha e vai até Porto Velho, em direção a praia, local que vou comentar no próximo tópico.

O que fazer em Barcelona - Principais atrações para uma primeira viagem

Mercado La Boqueria

Outra atração sempre presente nas listas de o que fazer em Barcelona é o imperdível Mercado La Boqueria. Ele fica ali em La Rambla n° 91. Aberto em 1840, é um clássico de Barcelona a ser visitado… é um “mercadão” mesmo, muito bonito, com inúmeras barracas de frutas, verduras, legumes, carnes, vinhos etc. Tem muitas comidas típicas, restaurantes, cafés… é muito legal a vibe do local e você tem vontade de comer e comprar de tudo um pouco! hehehe

O Porto Velho

Chegando ao final de Las Ramblas, você estará no Porto Velho, a parte mais antiga do porto de Barcelona. Nessa região você pode fazer muitas coisas interessantes como visitar o Museu Marítimo ou o Museu da História da Catalunha. Pode andar pela Rambla de Mar, uma plataforma enorme sobre a água, pegar um passeio de barco, visitar o Aquário de Barcelona (entre outros)…ou simplesmente, como fizemos, andar despretensiosamente por ali, apreciando todas as belezas dessa região.

No final de Las Ramblas tem o monumento a Cristóvão Colombo. Essa foto foi tirada mais a frente, na Avenida Passeig de Colom.

Bairro Gótico

Barcelona teve sua origem como cidade a partir de um povoado romano, na área hoje conhecida como Bairro Gótico. É o bairro mais antigo da cidade, com mais de 2 mil anos de uma história que se sente ao caminhar por um labirinto de vielas estreitas, praças, igrejas e um sem número de outros turistas, cada um em uma direção.

A nossa sensação ao entrar no Bairro Gótico foi mesmo a de voltar no tempo. Uma Barcelona ensolarada desapareceu de repente, dando lugar a uma atmosfera fria, úmida e misteriosa. Estando em Las Ramblas, é possível fazer uma extensão ao Bairro Gótico, ficam na mesma região. Na nossa opinião é um local imperdível de se conhecer!

Catedral de Barcelona

Uma das principais atrações do Bairro Gótico, foi construída nos séculos XIII a XV sobre a antiga catedral românica. É muito magnífica!

Tibidabo

O Tibidado é uma montanha e é o pico mais alto da Sierra del Collserola, o maciço que circunda Barcelona. Tem mais de 500 metros de altura e proporciona muitas vistas da cidade e do litoral. Além das vistas, o local também possui um parque de diversões, inaugurado em 1905, o mais antigo da cidade. O Templo Expiatório do Sagrado Coração também é uma atração do local, uma igreja no estilo neogótica a qual é visível de vários pontos de Barcelona. Não é um local tão simples e perto de chegar, mas é um passeio bem agradável de se fazer… de todos os lugares que conhecemos, diríamos para deixar esse para os últimos dias, caso ainda tiver tempo sobrando 🙂

Arco do Triunfo

Um dos lugares que mais amamos conhecer foi a região onde fica o Arco do Triunfo. O monumento em si é belíssimo, construído para ser porta de entrada de uma exposição muito importante que aconteceria na época de 1888. Além disso, ele está inserido em um contexto muuuito belo, com uma ampla avenida de 50 metros de largura, com árvores por toda lateral, esculturas, candeeiros, bancos agradáveis para sentar… sem contar os artistas de performances e músicos que estão sempre dando vida a esses locais. Foi um dos dias mais memoráveis da viagem, nunca mais esqueceremos, pois esse local tem uma energia muito contagiante, feliz e lúdica.

Parque De La Ciutadella

Ao fim da avenida do Arco do Triunfo você chega no Parque De La Ciutadella. Este parque foi construído nos antigos terrenos de fortaleza da cidade e feito aos moldes do Jardim de Luxemburgo de Paris. É um dos principais parques da cidade, bem extenso, com muitas áreas de belos jardins e árvores, com um lago onde você pode alugar um barquinho para “navegar”, com monumentos, sendo o principal um monumento central com uma cascata de águas muito bonita.

É um local onde acontecem também alguns eventos, dependendo da época do ano. No dia em que fomos estava tendo um evento com músicas e danças típicas, foi muito bonito de ver. Recomendamos para passar um período do dia mais tranquilo, tomar um pouco de ar fresco na natureza enquanto observa os locais usufruindo da estrutura do parque, fazendo seus piqueniques, lendo um livro na sombra das árvores ou se exercitando.

Praia de Somorrostro

Outra coisa imperdível de se fazer em Barcelona é conhecer as praias. Como estávamos no inverno, não foi a coisa que mais estávamos animados para fazer, mas a cidade possui muitas praias bem famosas e bonitas. Nós fomos visitar somente essa: Praia de Somorrostro. É uma praia bem visitada pois é muito próxima da cidade. Nesse trecho tem muitas casas noturnas, clubes e um casino.

Por ali, passeamos bastante pela orla, pois mesmo no inverno Barcelona não faz tanto frio e em dias ensolarados, você consegue encontrar os 16°C/17°C graus, bem agradáveis para uma caminhada na praia. Tinha muitas pessoas jogando vôlei, fazendo outros esportes ou exercícios (e alguns mais aventureiros estavam se banhando no mar sim hehe).

Nessa praia tem restaurantes bonitos e convidativos, então escolhemos um para tomar um chopp e pedir uma paella vegetariana e curtir um almoço com vista para o mar. Foi delicioso!!!

Essas foram as principais atrações que conhecemos e são as nossas dicas do que fazer em Barcelona. Como já disse, a cidade é absolutamente encantadora e não vemos a hora de poder voltar para vivermos mais experiências como essas por lá.

Em breve farei posts mais detalhados sobre alguns desses lugares, então fiquem de olho por aqui e nos sigam no Instagram para acompanharem mais de perto nosso trabalho.

Deixo aqui também o vídeo que fizemos para nosso canal do YouTube, contando um pouco mais de nossa jornada de imigração aqui pro norte de Itália e mostrando também esses lugares incríveis que conhecemos em Barcelona.

Espero que tenham gostado do post, até o próximo.

Flora.

2 Comments

  1. Taís

    21 de março de 2022 at 13:08

    Que demais, Flora! Barcelona parece ser um lugar muito incrível de conhecer, ainda quero ir um dia. Essas obras todas a céu aberto parecem ter saido de um conto de fadas, são muito magicas mesmo, uma mais linda que a outra. Parece ser uma cidade tão colorida e vibrante que olhar as fotos do bairro gotico dá pra ver bem esse contraste, que bacana!
    <3

    1. Aondes

      23 de março de 2022 at 15:37

      Oiii querida, sim, quando tiver oportunidade, vá 🙂
      É realmente uma cidade encantadora, com essa aura meio mágica as vezes e esse clima alegre, contagiante e vibrante mesmo ♥
      Bom, sou suspeita, pois fiquei muito apaixonada… sabemos que essas coisas dependem muito também do nosso estado de espírito no momento né? Mas acho bem difícil alguém não gostar dessa cidade… hahahah
      Beijoooos querida! ♥

Leave a Reply